sexta-feira, 23 de outubro de 2009

USO DE LENTES DE CONTATO NO TRABALHO

Que são lentes de contato?
Lentes de contato são discos pequenos, finos, feitos de material transparente. As superfícies exteriores têm um formato feito sob medida para corrigir ou melhorar a visão, e o lado interno é formado cuidadosamente para se adaptar à córnea (aparte transparente da frente do olho incluindo a íris e a pupila). Hoje, as lentes são comumente macias (flexíveis), mas as duras (rígidas) ainda estão disponíveis.
As lentes de contato podem ser uma forma segura e eficaz de corrigir a visão da maioria de pessoas. As pessoas que as usam, contudo, devem seguir as recomendações de seu especialista de olhos - esse cuidado inclui quanto tempo as lentes podem ser usadas continuamente, como devem ser limpas e guardadas, e a boas práticas de higiene a seguir ao usá-las ou manuseá-las.
Muitas pessoas usam lentes de contato porque as preferem aos óculos - as lentes de
contato não escorregam pelo seu nariz abaixo nem embaçam no inverno. Algumas pessoas,
entretanto, precisam usar lentes de contato para ter a visão adequada (por exemplo, após a cirurgia de catarata, ou por razões médicas tais como o ceratoconus - uma deformidade da córnea).
As lentes de contato podem causar alguns problemas sem sintomas que o usuário possa
perceber. Por essa razão, os usuários de lentes de contato devem fazer exames regulares com um especialista que prescreva e ajuste lentes de contato.

Qual é a controvérsia a respeito do uso de lentes de contato no trabalho?
Colocando da maneira mais simples possível, o problema é que, segundo algumas pessoas, as lentes de contato podem por em risco a segurança dos olhos.
Os argumentos contra o uso de lentes de contato no ambiente do trabalho são baseados no seguinte:
• poeira ou produtos químicos podem ficar presos atrás das lentes e causar irritação
ou danos à córnea, ou ambos;
• gases e vapores podem causar irritação e fazer o olho lacrimejar;
• respingos de substâncias químicas podem ser mais lesivos quando se usam lentes
de contato. Esse risco maior está relacionado com a remoção das lentes. Se a
remoção demorar, o tratamento de primeiros socorros pode não ser tão eficaz e,
por sua vez, o tempo de exposição do olho ao produto químico pode ser maior.
Entretanto, o oposto também pode ser verdadeiro. As lentes de contato podem impedir que algumas substâncias alcancem o olho e, assim, minimizar ou impedir uma lesão. Ambas as situações foram documentadas.
Por conseguinte, surgiu uma ampla gama de opiniões sobre a segurança das lentes de
contato no trabalho. Uma informação mais completa é difícil de encontrar, já que os
sistemas de registro de lesões ocupacionais não incluem, geralmente, informações sobre o uso de lentes de contato.
O ponto crítico a lembrar é que as lentes de contato não são feitas para serem usadas como proteção. Elas não são um substituto para equipamentos de proteção individual (EPIs) - se alguns trabalhos demandam proteção para olhos e rosto, então todos os trabalhadores, inclusive usuários de lentes de contato, devem usar os dispositivos protetores apropriados.
Condições seguras de trabalho para todos os trabalhadores só são possíveis quando se
observam as práticas e procedimentos básicos de segurança e saúde no trabalho.

Há situações onde pode ser perigoso usar lentes de contato?
Em que pese o fato de essas condições poderem ser perigosas tanto para usuários de lentes de contato quanto para não usuários, os usuários de lentes de contato devem estar cientes de que em certas condições se faz necessário evitar o uso das lentes. Cada situação deve ser cuidadosamente analisada. Estas situações podem incluir:
• exposição a emanações e vapores químicos,
• áreas com potencial para respingos químicos,
• áreas onde uma partículas de matéria ou poeira estão na atmosfera,
• exposição a raios infravermelhos de alta intensidade,
• calor intenso,
• atmosfera seca,
• partículas voadoras, e
• áreas onde substâncias cáusticas são manuseadas, particularmente as usadas ou
armazenadas sob a pressão.
Nos locais de trabalho com fontes de irradiação ultravioleta e infravermelha, os usuários de lentes de contato requerem a mesma proteção que os são usuários de lentes de contato. Alguns tipos de lente de contato absorvem os raios infravermelhos. Esse efeito é potencialmente mais prejudicial ao usuário de lentes flexíveis porque ele pode alterar o equilíbrio da água da lente de contato.
Existem alguns perigos específicos para os usuários de lentes de contato flexíveis ?
As lentes flexíveis são feitas de um tipo de plástico que contém uma grande proporção de água. A lente flexível adere mais firmemente à córnea e não tem tanto movimento de fluido quanto a lente de contato dura. Por esses motivos, alguns pesquisadores acreditam que as lentes flexíveis oferecem alguma, mas não total, proteção contra a retenção de substâncias estranhas entre a lente de contato e a córnea.
Os principais riscos para os usuários de lentes de contato flexíveis vêm do respingamento de produtos químicos e de ambientes quentes e secos. Por causa do índice elevado de água da lente de contato flexível, algumas substâncias químicas podem passar através da lente e serem retidas de encontro à córnea pela própria lente.
Os ambientes quentes e secos podem conduzir a problemas porque podem fazer com que a
camada lacrimal(em cima da qual a lente “assenta”) se desidrate. Esta situação resulta em desconforto no olho.

Há perigos específicos para usuários de lente de contato rígidas?
As lentes duras são feitas de um material impenetrável. O risco pode aumentar se
substâncias estranhas, tais como poeira ou fragmentos pequenos de metal, ficarem
retidos atrás da lente de contato. Uma vez que a lente de contato dura flutua na
película lacrimal na frente da córnea (não em uma de posição fixa), pode haver uma ação abrasiva entre a lente de contato e a substância estranha que pode resultar em lesão na córnea. Ademais, os produtos químicos podem ficar retidos atrás da lente de contato e mantidos de encontro à córnea. Em ambientes sujos, empoeirados, o uso de lentes rígidas pode ser mais perigoso que o de lentes de contato flexíveis.

Quais outras preocupações ao usar lentes de contato?
Um usuário de lente de contato que trabalha sozinho ou em uma área remota pode estar
em grande risco se sofrer uma lesão ocular. A remoção imediata de lentes de contato pode ser importante, e o usuário lesionado pode não ser capaz de fazer isso. Além disso, equipamento (por exemplo, estações para lavar olhos) e pessoal qualificado podem não estar imediatamente disponíveis, o que, por sua vez, aumenta o risco dos danos adicionais.
O deslocamento ou a perda repentina de uma lente de contato são outro problema. A
primeira complicação cria mudanças repentinas na qualidade da visão devido à perda de
acuidade visual e turvamento da visão. Isso apresenta perigos óbvios se o deslocamento ocorrer num momento em que a visão for essencial para a segurança. Os mesmos problemas podem ocorrer para usuários de óculos, embora as lentes de contato possam ser mais fáceis de perder e mais difíceis de recolocar.

Pode usar lentes de contato com um respirador de rosto completo?
A preocupação com o uso de lentes de contato com respiradores ou capuzes protetores
pessoais surgiu porque se acreditou que o deslocamento ou perda repentina de uma lente de contato durante o uso de um respirador poderia levar a dois problemas potenciais.
Primeiro, é impossível ajustar ou recolocar uma lente de contato quando se usa tal
equipamento em um ambiente perigoso. Segundo, a lente de contato desalojada poderia ficar presa em alguma peça do equipamento e impedir seu funcionamento adequado.
A maior parte da legislação do Canadá não trata especificamente dessa questão, com
exceção da Columbia Britânica. Na seção 8.38 (Lentes corretoras) do Regulamento de
saúde e segurança no trabalho ( B.C. Reg. 296/97), parte (2), lê-se que “o empregador
pode permitir o uso de lentes de contato por um trabalhador que esteja obrigado a
usar um respirador de rosto completo se não for provável que seu uso possa afetar a saúde ou a segurança do trabalhador.”
A Administração de Segurança e Saúde no Trabalho (OSHA) dos Estados Unidos revogou a
parte de sua legislação que proibia o uso de lentes de contato com respiradores [Padrões 29 CFR 1910.134 (g) (1) (ii)]. A OSHA reviu a literatura recente e patrocinou diversos estudos e chegou à conclusão de que não havia nenhuma evidência no sentido de que o uso de lentes de contato com respiradores represente um risco maior para a segurança do usuário.
É prudente que um usuário de lente de contato pratique o uso de um respirador (com suas lentes postas) para ver se ocorre algum problema, antes que o respirador seja usado por tempo completo ou numa emergência.

Pode usar lentes de contato ao soldar?
Partículas de poeira ou produtos químicos capazes de irritar os olhos podem estar presentes em muitas áreas de soldagem. Pode não ser aconselhável usar lentes de contato nesses locais de trabalho.
Relatos a respeito de lentes de contato ficarem "soldadas”" à córnea (ou lente do olho) em conseqüência da exposição ao clarão de um maçarico foram considerados
comprovadamente incorretos. É impossível que lentes de contato fiquem “soldadas” à
córnea.
Todos os trabalhadores nas proximidades de procedimentos de soldagem devem usar
proteção adequada para os olhos, estejam ou não usando lentes de contato.
Anote que, no Canadá, o regulamento de SST da Ilha do Príncipe Eduardo(E.C. 180/
87), Seção 45.11, proíbe especificamente usar lentes de contato durante trabalhos de
soldagem.

Há alguma lei sobre o uso de lentes de contato ?
No Canadá, seis jurisdições têm alguma legislação sobre o uso de lentes de contato .
Nos territórios de Yukon e na Ilha do Príncipe Eduardo, a legislação é semelhante ao que se segue:
Nenhum trabalhador usará lentes de contato onde:
(a) houver gases, vapores ou outros materiais que, quando absorvidos por lentes de
contato, possam prejudicar os olhos, ou
(b) houver poeira ou outros materiais presentes que possam prejudicar os olhos ou
causar distração capaz de expor o trabalhador à outra lesão.
(Territórios de Yukon: Regulamentos gerais O.I.C. 1986 de segurança /164, Seção 10 (4))
Na Columbia Britânica, a legislação diz agora que “precauções adequadas devem
ser tomadas se uma substância ou condição perigosa puder afetar o trabalhador usando
lentes de contato” (seção 8.18 do regulamento sobre SST ( B.C. Reg. 296/97).
Legislação que trata de respiradores e soldagem já foi citadanas duas seções acima.
Regulamentos e guias adicionais aplicam-se no Canadá (Railway Vision and Hearing
Examination Regulations), Colúmbia Britânica (Regulations for Agricultural Operations), Territórios do Noroeste (Mine Health and Safety Regulations) and Ontario (Guidelines for Anhydrous Ammonia: Engineering Data Sheet). Para informações a mais atualizadas e para a orientação, aplicação ou a interpretação dessas leis ou diretrizes, você deve contatar sua jurisdição diretamente.

Como identifico perigos para os olhos dos usuários de lentes de contato?
Para garantir o uso seguro das lentes de contato no ambiente do trabalho, há que aplicar os princípios de saúde e segurança no trabalho para identificar e controlar quaisquer perigos possíveis.
Os perigos mais comuns para os usuários das lentes de contato já foram discutidos. A
quantificação dos perigos é difícil e, diversos enfoques complexos já foram desenvolvidos.
Entretanto, a maneira mais útil de avaliar o risco é classificá-lo como aceitável ou não aceitável.
Se os riscos de usar lentes de contato em um determinado ambiente estiverem dentro dos limites aceitáveis, então o único caminho a seguir é continuar o monitoramento da situação.
Se os riscos forem considerados inaceitáveis, então será preciso tomar uma providência para eliminar os riscos existentes ou para reduzi-los a níveis aceitáveis.

Devo tentar eliminar ou reduzir os riscos usando controles da engenharia?
Em todo local de trabalho, a prioridade deve ser eliminar ou controlar os riscos em sua origem, ou controlá-los ao longo do trajeto entre a origem e o trabalhador. Quando a legislação não for específica sobre a implementação de determinadas medidas e procedimentos de controle, os empregadores estão obrigados assim mesmo a tomar todas as precauções razoáveis para garantir que o local de trabalho seja seguro.
Muitos métodos estão disponíveis, e aqueles mais aplicáveis a uma situação
específica devem ser usados. Esse enfoque pode requerer a compra de equipamento novo,
a substituição por uma substância não-perigosa, o isolamento do perigo, da adição de
características de segurança ao equipamento existente ou reformulação do processo do
trabalho. Exemplos disso incluem ventilação; umidade e outros métodos para controle da poeira; proteção da máquina; barreiras ou telas.

Necessito ter conhecimentos a respeito de seleção e disponibilização de Equipamento de Proteção Pessoal (EPP)?
Sim. Quando o perigo não pode ser adequadamente controlado, o equipamento de
proteção pessoal (EPP) pode ser necessário. Quando lentes de contato forem usadas (e
onde haja perigo), precauções extra são necessárias a fim de reduzir o potencial de
acidentes. Conforme indicado anteriormente, as lentes de contato não são dispositivos
protetores. EPIs para usuários de lentes de contato incluem óculos de segurança
resistentes a respingos e poeira, e óculos de segurança. Outros trabalhadores que não usam lentes de contato usarão o mesmo EPP quando expostos aos mesmos perigos.
Uma combinação de tipos de EPP pode ser necessária se houver mais de um tipo de perigo.
Por exemplo, onde os perigos potenciais são respingos químicos e objetos arremessados
pelo ar, podem ser necessários óculos de proteção para respingos químicos em combinação com óculos de segurança.

Que devo saber sobre controles administrativos?
Controles administrativos podem ser somados aos controles de engenharia. Os controles
administrativos limitam a exposição dos trabalhadores ao programar horários de trabalho reduzidos em áreas de contaminantes, ou mediante a implementação de outras regras de trabalho. Essas medidas de controle têm muitas limitações porque o perigo não é removido.
Os controles administrativos geralmente não merecem muita aceitação porque podem ser
difíceis de implementar e manter, e porque não são confiáveis.
Quando todos os métodos para eliminar e reduzir perigos tiverem sido explorados, e quando o EPP não puder proteger adequadamente o usuário de lentes de contato, ou quando o trabalhador for incapaz de usar o EPP prescrito, existem opções administrativas. Por exemplo, em alguns casos, as lentes de contato devem ser substituídas por óculos de grau.
Em casos raros, pode ser oferecido ao trabalhador um trabalho alternativo.

Quem tem “responsabilidade” pelos usuários de lentes de contato?
Tanto o empregador quanto o trabalhador têm responsabilidades com respeito ao uso
seguro de lentes de contato. Quando forem usadas lentes de contato, as seguintes etapas devem ser seguidas.
Empregador
• Assegure-se da aplicação correta das práticas e procedimentos de saúde segurança
no trabalho.
• Proporcione treinamento e instrução sobre os perigos para os olhos -
particularmente aqueles específicos ao uso de lentes de contato - e treinamento no
uso adequado de locais de lavagem de olhos e dos procedimentos para enxaguar os
olhos.
• Identifique claramente os usuários de lentes de contato. A informação deve estar na
ficha médica do empregado e, pelo menos, o pessoal de primeiros deve saber
quem usa lentes de contato. É importante que os trabalhadores que usam lentes de
contato sejam identificados claramente (especialmente para os primeiros socorros).
Para ajudar na elaboração e manutenção de um programa de proteção de olhos,
métodos de identificação tais como a insígnia Alerta-Médico podem ser úteis.
• Tenha disponível pessoal conhecedor dos métodos de remoção de lentes de contato
em caso de uma emergência. Se a remoção das lentes de contato for necessária,
deve haver pessoal disponível para dar assistência. A remoção pode
ser fundamental para impedir maiores lesões. Em algumas situações, um
oftalmologista ou optometrista pode ser necessário para remover as lentes de
contato.
• Proporcione acesso a um lugar limpo para a manutenção regular e limpeza periódica
de EPP e de lentes de contato (por exemplo, remoção de partículas de poeira).
Trabalhador
• Tome especial cuidado para manter as lentes de contato limpas. Siga o conselho de
seu especialista de olhos.
• Discuta seu ambiente do trabalho e quaisquer riscos possíveis com seu
especialista de olhos.
• Certifique-se de que os companheiros de trabalho e o empregador sabem que você
está usando lentes de contato.
• Fique alerta a mudanças do processo de trabalho e mudanças nas circunstâncias
ambientais que podem ser perigosas para você.
• Mantenha óculos à mão para situações inesperadas.
• Use o equipamento de proteção pessoal sempre que necessário.
• Informe-se sobre os perigos para os olhos e incentive seu empregador e os
membros de comitê conjunto de saúde e segurança a fazer o mesmo.

Nenhum comentário: