terça-feira, 8 de dezembro de 2009

ANTROPOMETRIA E ERGONOMIA

O que se entende por Antropometria?
É uma ciência da qual a ergonomia utiliza as medidas corporais e as medidas dos instrumentos de trabalho para proporcionar conforto e saúde ao trabalhador. As dimensões antropométricas estão diretamente envolvidas ao alcance dos movimentos do corpo humano e as posturas adotadas no ambiente de trabalho.

De onde surgiu a Antropometria?
A origem da Antropometria vem da antiguidade, pois os egípcios e gregos já observavam e estudavam a relação das diversas partes do corpo. A importância das medidas ganhou especial interesse na década de 40, provocada pela necessidade da produção em massa. Preocuparam-se com a produção e o mau posicionamento do funcionário.

Quais as aplicabilidades das medidas antropométricas na ergonomia?
Uma das grandes aplicabilidades das medidas antropométricas na ergonomia é no dimensionamento do espaço de trabalho. O espaço de trabalho é o local imaginário necessário para realizar os movimentos requeridos no trabalho. O imaginário torna-se real após o levantamento antropométrico, proporcionando o máximo de conforto músculo-articular.

Quais as situações utilizadas para se obter as medidas necessárias?
Há dois tipos de recursos utilizados na antropometria:
•Antropometria Estática: São consideradas as medidas das dimensões do corpo quando o indivíduo encontra-se em postura neutra, sem movimentar-se.
•Antropometria Dinâmica: São consideradas as medidas dos segmentos corporais em movimento. Obtem-se informações relacionadas aos ângulos das articulações, os alcances, as posturas naturais e confortáveis.
O que é antropometria funcional?
São medidas associadas à análise da tarefa. Por exemplo, o alcance das mãos não se limita ao comprimento dos braços, pois ele envolve também o movimento dos ombros, rotação do tronco, inclinação das costas e o tipo de função a ser exercida pelas mãos. Estas medidas, relacionadas à execução de tarefas específicas, são chamadas de antropometria funcional.

Em que aspectos a ergonomia e a antropetria intervirá na indústria?
Em vários aspectos, tais como:
• Limites físicos do homem: posturas, raios de ação, esforços musculares;
• Exigências quanto aos dispositivos e comandos;
• Exigências quanto às informações a prestar ao operador;
• Influência no ambiente físico;
• Aspectos psicossociais.
Para quê estas medidas são levantadas?
A antropometria faz estas medições em uma população de trabalhadores, que muitas vezes apresentam medidas muito distintas, para se projetar postos de trabalho que atendam a maioria dos trabalhadores em 90% da população estudada, evitando os riscos de lesões ocupacionais.

Todos os funcionários da empresa são medidos?
Sim. É importante definir as dimensões corporais dos trabalhadores para ajustá-los em uma postura o máximo confortável possível. Existem funcionários de 1,50m e outros de 2,00m que utilizam o mesmo assento de cadeira, por exemplo. Muitas vezes os componentes dos postos de trabalhos (cadeira, mesa, bancada) são fixos e isto é muito inadequado.

O que pode influenciar nas várias diferenças de medidas antropométricas?
Há vários fatores que podem influenciar, tais como:
•A idade do trabalhador. Quanto mais idade, menos mobilidade terá o corpo.
•A região onde nasceu. Um indivíduo nascido no Sul tem medidas diferentes dos nascidos no Nordeste.
•A roupa e equipamentos de proteção individual (EPI). Um capacete ou uma luva alteram as dimensões e flexibilidade dos movimentos.
Qual seria a melhor maneira, melhor ângulo corporal para se trabalhar?
Sem dúvida que seria a angulação neutra das articulações. Por exemplo, se o punho está sem dobrar para baixo ou para cima, está em posição neutra. Se o joelho está a 90 graus com a cadeira e os pés no chão, esta é uma posição neutra. É a posição de conforto para o trabalhador, sem agredir insidiosamente as articulações, os músculos e tendões.

A melhor maneira de trabalhar seria então estar no ângulo de conforto?
Sim. O ângulo de conforto é a postura que não força nenhuma articulação. É importante o trabalhador nos treinamentos da empresa saber o seu ângulo de conforto nos seus instrumentos de trabalho. Principalmente aquele em que o trabalhador passa a maior parte do tempo.

O que seria ângulo limite?
O ângulo limite é o contrário do ângulo de conforto. No ângulo limite o trabalhador utiliza de posturas erradas, por exemplo, uma cadeira em que o pé encosta apenas as pontas, ou sentado o trabalhador não consegue escrever apoiando a coluna lombar no encosto da cadeira.

Trabalhar no ângulo limite pode ser prejudicial à saúde do trabalhador?
Os trabalhadores não dão conta de que o problema é grande. Aliás, começam a perceber somente quando sentem dor, (dor que incomoda mesmo). Percebem que não estão muito confortáveis, mas não julgam que a causa da dor nas costas, por exemplo, poderia ser devido ao fato de sentarem sem o encosto da cadeira.

Neste caso como a antropometria ajudaria no combate às lesões ocupacionais?
A antropometria precisa conhecer as medidas dos funcionários de modo a fornecer dados aos projetistas dos postos de trabalho. Tendo estas informações, o projetista pode evitar que as dimensões dos postos obriguem o trabalhador a dobrar as articulações em ângulos-limite, o que ocasionaria lesões ocupacionais.

Quando o ergonomista utiliza a antropometria?
Geralmente as empresas contratam o ergonomista quando existe um problema ergonômico, quando o empresário é consciente, esclarecido, inteligente, quando em auditorias do Ministério do Trabalho e Emprego ou quando a empresa precisa ser certificada. Daí levantar as medidas utilizando dos benefícios da antropometria é um recurso útil e muito utilizado.

O que o ergonomista utiliza para realizar estas medições?
O ergonomista também tem os seus instrumentos de trabalho. Para as medições antropométricas podem utilizar de:
•Antropômetro: Instrumento de medida utilizado na determinação do comprimento dos segmentos anatômicos;
•Estadiômetro: Instrumento de medida utilizado para determinação da estatura de um indivíduo;
•Compasso de Pontas Curvas: Instrumento de medida utilizado na medição de pequenos e médios diâmetros;
•Craveira: Instrumento para medição de pequenas dimensões;
•Goniômetro: Instrumento de medida utilizado para medir os ângulos formados pelas articulações.
Os equipamentos de trabalho devem ter as medidas fixas?
Se na década de 40 as medidas antropométricas procuravam determinar as médias de uma população, hoje o interesse principal está centrado nas diferenças entre grupos e as influências de variáveis como raça, região geográfica e a cultura. Até pouco tempo estabelecia-se padrões nacionais, porém com a internacionalização da economia, os produtos variaram muito. Por isso é importante realizar a antropometria na empresa para se saber todas as variações possíveis de medidas.

Os equipamentos são comprados de acordo uma média dos trabalhadores?
Do ponto de vista industrial, quanto mais padronizado for o produto, menores serão seus custos de produção e de estoque. O projeto para a média da população de trabalhadores é baseado na idéia que isso maximiza o conforto para a maioria. Porém, na prática isto não funciona devido às grandes diferenças antropométricas dos trabalhadores.

Quais são as medidas antropométricas ideais para cada posto de trabalho?
Cada posto de trabalho tem suas medidas padrões, por exemplo, o que se espera de medidas para uma cadeira, uma mesa, uma máquina. Na indústria isto deve ser estudado e levantado valores antropométricos para cada posto de trabalho de acordo com os valores encontrados nos funcionários. Estas medidas são complexas, baseadas em tabelas e percentis (método para se obter valores de referência).

Quais os critérios para a aplicação dos dados antropométricos?
Dependendo do tipo de análise ergonômica a ser feita o ergonomista utiliza de projetos, tais como:
Tipo 1 – Projetos para o tipo médio;
Tipo 2 – Projetos para indivíduos extremos;
Tipo 3 – Projetos para faixas da população;
Tipo 4 – Projetos individuais.

Quando são feitos projetos individuais?
Quando o trabalhador encontra-se em medidas muito diferentes da maioria e não tem jeito de modificar o posto de trabalho, porque pode atrapalhar os outros funcionários e também a produção. Equipamentos individuais não são comuns, mas são muito sugeridos quando o trabalhador já apresentou algum tipo de lesão ocupacional.

Quais seriam as medidas antropométricas de um instrumento de trabalho comum?
Cada profissional escolhe a sua referência de medidas padronizadas. Vejam estas sobre cadeiras:
•Altura poplítea (comprimento da parte inferior da perna);
•Profundidade do assento (das nádegas ao comprimento poplíteo);
•Largura dos quadris;
•Altura do meio dos ombros em posição sentada (altura das costas);
•Altura dos cotovelos;
•Altura lombar;
•Profundidade lombar;
Porém, estas referências são variáveis. Depende do tipo de trabalho ergonômico a ser realizado na empresa.

A antropometria pode ser utilizada para beneficiar o trabalhador em equipamentos de uso doméstico?
Sim. É importante o trabalhador ter as medidas de ângulo conforto para o trabalho em sua casa. Por exemplo, a medida ideal para se lavar louças numa pia é que a borda da pia esteja no nível da cintura. Existem medidas relacionadas à postura que são úteis e necessárias ao conhecimento do trabalhador.

Como o trabalhador pode saber sobre a postura ideal no seu posto de trabalho?
Após o estudo antropométrico na empresa é importante que os trabalhadores sejam submetidos a um treinamento. Existem funcionários que mesmo estando utilizando um equipamento projetado ergonomicamente, não sabe como ajustá-lo ao seu corpo. Portanto, ensinar o trabalhador ao ajuste dentro das medidas de angulação confortável é essencial.

Veja mais sobre este assunto:
Antropometria
http://www.scribd.com/doc/6718631/AULA06-Antropometria

Antropometria na Ergonomia
http://www.eps.ufsc.br/ergon/revista/artigos/Antro_na_Ergo.PDF

Antropometria na Medida Certa
http://www.atecnet.com.br/download/imprensa/press_releases/02_aeron_ergo_antropo.pdf

2 comentários:

FelipeNeves disse...

obrigado!

Rodrigo Esteves AP disse...

Muito bom, adorei o blogger.
Tirei muitas dúvidas e prendi bastante com as explicações.
Parabéns...